Pular para o conteúdo principal

Postagens

Inflação do aluguel desacelera para 0,20% em outubro e tem deflação de 1,41% em doze meses

RIO - A inflação medida pelo Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M) desacelerou para 0,20% em outubro, segundo dados do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Em setembro, tinha ficado em 0,47%. Em outubro de 2016, a variação foi de 0,16%. No resultado acumulado em doze meses, houve deflação de 1,41%. Se considerados apenas os dez meses de 2017, a deflação é ainda maior, de 1,91%.

LEIA MAIS: Com crise e mercado imobiliário em baixa, inquilinos têm maior poder de negociação

VEJA TAMBÉM: Levantamento do Dieese indica que inflação baixa ajudou a aumentar os reajustes salariais

O IGP-M é utilizado como referência para a correção de valores de contratos, como os de energia elétrica e aluguel de imóveis. Os contratos preveem reajuste anual pelo índice acumulado no período. Em 12 meses até setembro, o IGP-M registra taxa de -1,45%. Em 2017, até setembro, o índice é de -2,10%.

O IGP-M é composto por três índices: Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), Índice de…
Postagens recentes

Bolsas da Ásia. Tóquio lidera subidas depois de vitória de Abe

O índice nipónico Nikkei 225 fechou esta segunda-feira a subir 1,14%, liderando os ganhos nas bolsas da Ásia Pacífico, que, no entanto, registaram perdas em Mumbai, Hong Kong e Sydney. As bolsas asiáticas fecharam esta segunda-feira 'mistas', com os índices a registarem subidas em Xangai, Seul, Taipé e Tóquio, e perdas em Hong Kong, Mumbai e Sydney. Tóquio liderou as subidas nesta sessão, com o índice Nikkei 225 a avançar 1,14% e o TOPIX a ganhar 0,84%. A sessão asiática foi marcada pela vitória do primeiro-ministro Shinzo Abe nas eleições legislativas antecipadas de domingo para a Câmara Baixa do Parlamento, renovando a maioria simples do seu partido LDP, e mantendo a super-maioria de 2/3 que baseia a coligação governamental incumbente que tem governado o Japão, que integra, também, o partido Komeito.


Saiba mais em : Tac Transportes
Fonte: EXAME

Governo gaúcho mudará regras para limitar importação de leite

O governo do Rio Grande do Sul vai mudar regras tributárias relacionadas à importação de leite, uma tentativa de enfrentar a concorrência principalmente com o produto do Uruguai. A decisão foi comunicada depois de uma reunião de representantes do setor com representantes do governo do Estado e do Ministério da Agricultura, durante a Expointer, em Esteio (RS). Na visão da administração estadual, a situação da cadeia produtiva leiteira é difícil. O estoques de leite em pó estão elevados no mercado nacional. O consumo tem sido menor e a importação aumentou em níveis que considera desproporcionais. O preço pago ao produtor, consequentemente, está caindo. Segundo dados publicados no site daExpointer, o Rio Grande do Sul recebeu mais de 60% do volume importado desde 2016. De 100 toneladas, 64 mil entraram no mercado brasileiro pelas fronteiras do Estado. Este volume equivale a 47 dias de produção na pecuária leiteira gaúcha. Regulando as importações, o governo espera trazer equilíbrio entr…

Governo zera alíquota de importação de máquinas e equipamentos

A medida deve estimular investimentos da ordem de US$ 3,1 bilhões





ACâmera de Comércio Exterior (Camex) anunciou que o governo federal zerou a alíquota do Imposto de Importação de 4,9 mil máquinas e equipamentos do setores de informática, bens de capital, telecomunicações e outros voltados à infraestrutura. De acordo com a Camex, a medida deve estimular investimentos da ordem de US$ 3,1 bilhões. Segundo informações do Extra, a redução da alíquota atinge, principalmente, os bens voltados à produção industrial. Do total, 4.552 são máquinas e equipamentos do setor de bens de capital e 351 são bens de informática e de telecomunicações. Com a redução, serão isentas do Imposto de Importação importações de equipamentos para indústrias dos setores médico-hospitalar, autopeças, alimentício, eletroeletrônico e de embalagem, entre outros.

O setor de transportes de cargasestima um aumento na movimentação de cargas de importações nos portos brasileiros.

Fonte: Economia ao Minuto

Bia Haddad vence 2ª pelo quali e se garante no Premier de Cincinnati

Bia Haddad vence 2ª pelo quali e se garante no Premier de Cincinnati



Bia Haddad Maia garantiu vaga no Premier de Cincinnati. Após vencer na estreia do qualificatório, no último sábado, a brasileira 77ª colocada do ranking da ATP voltou à quadra nesta tarde, quando venceu a russa Ekaterina Alexandrova (88ª), por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 7/6 (7-3). No primeiro set, Bia começou tendo dificuldades. A tenista de São Paulo levou uma quebra de saque logo no primeiro game, mas depois venceu três break points e garantiu a vitória por 6 a 3, mesmo tendo o serviço superado mais uma vez. Já na parcial seguinte, o equilíbrio tomou conta da quadra. As oponentes conseguiram uma quebra de saque cada e tiveram que decidir a disputa no set tie-break. Foi aí que a brasileira conseguiu alcançar seu maior nível na partida e encaminhar a vaga no quali. Com vaga no tradicional torneio norte-americano, Bia Haddad terá que esperar para conhecer seu primeiro compromisso. Ela entrará na fase inicial do Pre…

Encceja recebe inscrições a partir desta segunda-feira

As inscrições para o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos para residentes no Brasil (Encceja Nacional) começam nesta segunda-feira (7), às 10h (horário de Brasília). O prazo vai até as 23h59 do dia 18 de agosto. O exame é indicado aos interessados em obter a certificação do ensino fundamental ou ensino médio. As provas serão aplicadas em 22 de outubro em todas as unidades da Federação. Para fazer o Encceja é preciso ter, no mínimo, 15 anos completos na data de realização do exame, para quem busca a certificação do ensino fundamental; ou ter, no mínimo, 18 anos completos para quem busca a certificação do ensino médio. Para se inscrever é preciso informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF), e-mail e celular válidos. Se o participante precisar de atendimento especializado e/ou específico deve fazer a solicitação, e comprovar a necessidade, durante o período de inscrição. Durante a inscrição também é necessário indicar a certificação de conclusão de i…

Como usar o dinheiro das contas inativas do FGTS

BRASÍLIA e SÃO PAULO - Após sacar os recursos das contas inativas do Fundo de Garantia, o trabalhador pode ficar na dúvida sobre onde usar o dinheiro do FGTS. Especialistas ouvidos pelo GLOBO recomendam, antes de qualquer coisa, quitar dívidas para evitar pagamento de juros e multas. Para quem está com as contas em dia, a sugestão também é sacar e procurar uma aplicação mais rentável que o FGTS. Para aqueles que já pensavam em empreender, mesmo na crise, o FGTS é um reforço de capital de giro ou na entrada de um pequeno negócio, dizem os especialistas. Veja o que eles ensinam:

PARA QUEM TEM DUVIDAS

- Quem tem qualquer tipo de dívida deve sacar todo o dinheiro depositado na conta inativa do FGTS e quitá-la o mais rápido possível para evitar o pagamento de juros, dizem os especialistas. Miguel Ribeiro de Oliveira, diretor de pesquisas econômicas da Associação Nacional dos Executivos de Finanças (Anefac), recomenda que quem está endividado deve quitar primeiro as dívidas mais caras, como …